O que é uma API? Entenda a importância e suas funções

O que é uma API? Entenda a importância e suas funções

abril 17, 2023 | Andre Mello
Uma imagem que possui API escrito no fundo.

As APIs têm sido cada vez mais utilizadas no mundo da tecnologia, mas nem todo mundo sabe exatamente o que elas são e como funcionam. 

Uma API é um conjunto de regras e protocolos que permite a comunicação entre diferentes softwares, tornando a integração e a troca dessas informações mais eficientes.

Além disso, elas facilitam a comunicação entre diferentes sistemas, permitindo que desenvolvedores criem soluções que utilizem recursos de forma padronizada.

Continue a leitura para entender melhor o que é API, a sua importância e suas principais funções!

O que é API?

Como já adiantamos, API é um conjunto de regras, protocolos e ferramentas que permitem a comunicação entre diferentes softwares.

A sigla em inglês Application Programming Interface significa, em português, Interface de Programação de Aplicativos.

As APIs têm sido cada vez mais utilizadas em ambientes de desenvolvimento de software, sendo consideradas uma das principais formas de integração de sistemas e serviços na internet.

Como funciona uma API?

Elas funcionam como pontes que permitem que diferentes sistemas se comuniquem de forma eficiente, facilitando a integração e a troca de informações entre elas. 

Isso é fundamental para a construção de aplicativos e serviços digitais, já que muitas vezes eles precisam acessar informações de outras fontes para funcionar corretamente.

Leia mais: O que é um ataque DDoS?

As APIs também são usadas para padronizar o acesso a recursos e serviços online, tornando mais fácil para desenvolvedores criarem soluções que utilizem esses recursos. 

Por exemplo, uma API de mapas pode permitir que diferentes aplicativos acessem informações de localização de maneira padronizada, sem a necessidade de desenvolver um sistema próprio para isso.

Isso se deve principalmente à sua capacidade de padronizar e simplificar a comunicação entre os sistemas, tornando possível a criação de aplicações mais complexas e interconectadas.

Principais tipos de API

Existem 3 tipos de APIs, a seguir conheça um pouco mais sobre elas.

Privada

A API privada é aquela que é usada apenas internamente, oferecendo mais segurança para as empresas que a utilizam.

Pública

A API pública é aquela a que todos nós temos acesso. Os melhores exemplos deste tipo de API são o Twitter, o Facebook e o Google Maps, que permitem a criação de aplicações que utilizam dados e recursos desses serviços.

Parceiros

A API entre parceiros é aquela compartilhada entre os parceiros de negócios, que utilizam os fluxos adicionais sem comprometer a qualidade da aplicação.

O que são integrações de API?

As integrações de API referem-se ao processo de conectar diferentes sistemas ou aplicativos por meio da utilização das aplicações. 

Isso permite que esses sistemas compartilhem dados e funcionalidades, tornando a troca de informações mais eficiente e permitindo a criação de soluções mais complexas e integradas. 

As integrações de API são cada vez mais comuns no mundo da tecnologia e são utilizadas em diversas áreas e setores, desde aplicativos de celular até sistemas corporativos complexos.

Leia também: O que é vazamento de dados?

O que é um endpoint de API?

O Endpoint de API é uma URL única que permite que os usuários acessem dados e funcionalidades de um software ou serviço. 

Em outras palavras, é o ponto de entrada para uma API, onde um usuário pode enviar uma solicitação para obter ou enviar informações.

Saiba mais: O que é uma solução Anti-DDoS?

Cada endpoint de API tem sua própria função e parâmetros específicos que precisam ser definidos na solicitação para que a API possa processar corretamente a requisição. 

Eles são fundamentais para o funcionamento e utilização das APIs, além de ser uma parte importante da comunicação entre diferentes sistemas.

Gateway de API: o que é?

O Gateway de API é uma ferramenta utilizada para gerenciar as aplicações que ficam entre o cliente e os serviços de back-end.

Ele atua como um proxy inverso, aceitando as chamadas da interface das APIs e agregando os serviços necessários para que se alcance o resultado desejado.

Como proteger uma API?

Existem algumas formas de proteger uma API, como utilizar estratégias, gerar certificados SSl e, principalmente, utilizar um firewall de aplicação web que ajuda a definir os alvos que devem ser controlados e permite o acesso limitado conforme a configuração.

Leia também: O que é um Firewall?

Conheça o TAS – Threat Analysis System da NSFOCUS

Se você busca uma solução inteligente para a sua empresa, conheça o TAS – Threat Analysis System da NSFOCUS.

Ela oferece uma análise avançada da API em vários estágios para detecção e mitigação de ameaças persistentes avançadas (APTs).

Vantagens do TAS – Threat Analysis System da NSFOCUS

O TAS – Threat Analysis System da NSFOCUS traz como principais vantagens:

  • Processamento de arquivo que reconstrói e analisa o conteúdo do arquivo detectado nos protocolos HTTP, FTP, SMTP, POP3 e IMAP;
  • Detecção dinâmica por execução virtual, permitindo a detecção de comportamento dinâmico independente de técnicas baseadas em assinatura estática, fornecendo detecção precisa de ataques de dia 0 e malware anteriormente desconhecido;
  • Fornece visualização de ameaças e exibe informações, como locais, usuários e ativos;
  • Detecção de vírus contra arquivos reconstruídos para proteção contra malware conhecido; Detecção estática de shellcode;
  • Integração total com Threat Intelligence, permitindo que a reputação da fonte de dados seja avaliada quanto a risco potencial, comportamento de comando e controle ou relacionamentos anteriores de malware;
  • Integração estreita com o NSFOCUS Next Generation Intrusion Prevention System (NIPS) para que os ataques detectados possam ser mitigados;
  • Relatórios e registros abrangentes permitem fácil compreensão de sua situação de ameaça, incluindo os eventos de ameaças mais recentes, tendências de ameaças 24 horas e opções de relatórios diários, semanais, mensais ou anuais.

Não perca tempo e conheça melhor a solução da NSFOCUS! Entre em contato conosco e saiba tudo sobre o TAS (Threat Analysis System).